TIM espaço mulher

Menu

Medicina Natural

Ressaca: 6 segredos para evitá-la

Final de ano é sempre a mesma coisa: muitas festas e comemorações, comidinhas rolando e bebidas à vontade. Nem sempre a gente consegue se controlar, acaba exagerando na dose e, no dia seguinte, aparece ela, a tão temida e sofrida ressaca.

Os sinais são clássicos: a cabeça parece que vai explodir, o enjoo, a tontura, a fraqueza e uma sede de matar fazem você desejar nunca ter esvaziado um copo antes. Não é à toa que seu corpo está debilitado. Funciona assim: o organismo gasta glicose para metabolizar o álcool. Glicose é açúcar, açúcar é energia. Resultado: ficamos enfraquecidos. O excesso de álcool também ataca o sistema nervoso central e provoca sono e irritação; corrompe mecanismos químicos cerebrais, ocasionando dor de cabeça; irrita as mucosas do aparelho digestivo, causando náuseas, vômito e diarreia; e inibe a ação do hormônio antidiurético, levando a sede e boca seca. É uma situação muito chata para o nosso organismo e pior ainda para quem sente os efeitos da bebida além da conta.

Se você quer comemorar e beber um pouco, fique atenta às dicas para evitar ou superar uma ressaca daquelas:

1. Coma muito bem: Alimentar-se antes de beber é a regra de ouro contra a ressaca. Quando bebemos de estômago cheio, os alimentos diminuem a difusão do álcool pelas paredes do estômago e retardam a passagem do álcool para o intestino, onde ele é rapidamente absorvido. Portanto, dessa forma, o álcool entra gradualmente na corrente sanguínea e demora mais tempo para chegar ao cérebro.

2. Cuidado especial com o fígado: procure ingerir alimentos que irão proteger o seu fígado. É ele que fabrica a enzima que digere o álcool e, quando sobrecarregado, produz uma toxina que causa dor de cabeça. Dias antes, encare um suco de beterraba e alho para turbinar o órgão. Inclua na sua refeição alimentos com gordura poli-insaturada, encontrada em peixes e no azeite de oliva extra virgem. Ou então, pegue a sua colher de azeite, despeje-a num prato, adicione sal e mergulhe pedaços de pão na mistura.

shutterstock_892515043. Beba moderadamente: parece óbvio, mas é importante lembrar dessa dica. O segredo é intercalar a bebida com quitutes e copos de água. Dessa forma, o álcool não fica sozinho no estômago e, claro, você bebe menos, já que a barriga cheia reduz o espaço para as bebidinhas.

4. Intercale as bebidas: tome água, suco ou refrigerante entre as doses de bebida alcoólica. Essas bebidas são ricas em carboidratos, que ajudam a metabolizar o álcool.

5. Hidrate-se: essa dica é fundamental para vários momentos da vida e neste não poderia ser diferente. A principal causa da ressaca é a desidratação provocada pelo álcool, um potente diurético que estimula a perda de líquido do corpo. Exagere na água antes, durante e, principalmente, depois da bebedeira. Antes de dormir, ingira bastante água. Essa tática ajuda seu organismo a metabolizar o álcool enquanto você descansa.

6. Não exagere na medicação e descanse: o melhor remédio para o excesso de bebida não passa por nenhuma farmácia. É a soma de água, boa alimentação e um bom descanso. Repouse. Mantenha a luz apagada, cortinas fechadas e fique deitado. Nesse momento o que o corpo mais pede é descanso.

TIM espaço mulher

Insira o número do PINCODE

· Serviço exclusivo para clientes TIM

· Receba dicas que toda mulher precisa saber!