TIM espaço mulher

Menu

Vida a dois

Por que os casais brigam tanto?

Com certeza você e o seu amor já começaram alguma discussão do nada. O motivo, muitas vezes banal parece ter sido capaz de desencadear uma avalanche de acusações que não tem hora para acabar. Pior: no fim das contas, ninguém se lembra direito por que a briga começou e onde é que ela vai parar. Mas o desgaste que o episódio provoca fica por muito tempo e pode causar marcas muitas vezes irreversíveis.

Quando o assunto é relacionamento, esse tipo de quebra-pau não é novidade nenhuma. Brigar dói, cansa, causa tristeza depois e pode ser desnecessário. Mesmo sabendo disso, por que os casais ainda brigam tanto? Veja os motivos abaixo e, se possível, evite-os!

– Porque ninguém quer fazer um esforço: uma das principais características das relações dos dias de hoje é que estamos priorizando apenas o que nos dá prazer, evitando desgastes inerentes a qualquer relação amorosa. Ou seja, ninguém mais parece estar disposto a investir e entender que o outro não é uma máquina e, obviamente, não é perfeito. Sendo assim, é lógico que os conflitos não demoram a aparecer.

– Porque não entendemos que o outro não vai mudar: acreditar que o outro vai se moldar ao que você deseja, como se fosse o barro nas mãos do escultor, é meio caminho andado para a frustração e uma vida a dois repleta de desentendimentos. Nesses casos a raiva e o desapontamento tomam conta e as brigas se sucedem. Respeite a essência do seu companheiro.

shutterstock_206232877– Porque repetimos comportamentos aprendidos: alguns estudos recentes apontam que quem briga muito também pode estar repetindo um comportamento herdado dos pais. Se você está se vendo nessa situação por ter uma família originalmente briguenta, lembre-se que é você quem escreve a sua história depois de adulta – e é possível escolher uma vida diferente, em paz com o seu amor.

– Porque não temos mais paciência: não é fácil dividir a vida com alguém que certamente terá hábitos diferentes dos seus e uma outra personalidade. Sem flexibilidade e uma certa dose de paciência, a tendência é haver muitas discussões. As conversas são necessárias, as brigas, nem sempre.

– Porque exigimos demais do outro: um alto nível de exigência e rapidez pode ser muito útil no ambiente de trabalho, mas não tem nada a ver com a natureza dos relacionamentos, que têm seu próprio tempo e são uma construção diária, a ser feita pouco a pouco. Evite o clima de estresse e cobrança entre vocês entendendo que é necessária muita sutileza e tranquilidade para que as coisas se desenrolem de uma maneira legal para ambos.

TIM espaço mulher

Insira o número do PINCODE

· Serviço exclusivo para clientes TIM

· Receba dicas que toda mulher precisa saber!