TIM espaço mulher

Menu

Vida a dois

Mulher – De sexo frágil a provedora do lar

Quando se pensa em mercado de trabalho para as mulheres, ainda há um longo caminho a ser percorrido, mas já avançamos muito. O sexo feminino ainda luta por salários iguais para homens e mulheres. No entanto, nas últimas décadas um fenômeno está revolucionando os lares em todo mundo. Uma parcela da população feminina ativa no mercado de trabalho está se destacando, alcançando posições hierárquicas maiores, logo, conquistando salários mais altos que seus maridos ou namorados. Tornando-se responsáveis por bancar as despesas do casal e criando novos arranjos para a vida em família. Acontece que nem sempre o sexo masculino encara com naturalidade esse aumento de poder da mulher e todo o resto que vem atrelado a isso.

shutterstock_270638108Mesmo com essas mudanças tão significativas no mercado de trabalho, ainda existe uma cobrança social para que o homem seja o provedor da casa. Esse é o reflexo da sociedade machista em que estamos inseridas. E pasmem, a cobrança não vem só dos homens, vem também das mulheres, que não conseguem desconstruir o paradigma passado de geração a geração. Fazendo com que algumas sintam vergonha do seu sucesso ou ressentidas por achar que os companheiros não se dedicam tanto quanto elas no mercado de trabalho.

Os homens podem ser competitivos e rancorosos. Dependendo da criação que ele recebeu ao longo de sua vida, ver a sua amada ganhando mais, pode abalar sua autoestima e causar uma crise no relacionamento. Seja qual for o sentimento em relação a essa nova configuração é muito importante que o casal converse de peito aberto e sem pré-conceitos formados. É preciso entender que é uma parceria e não uma disputa. Não há vencedores ou perdedores, porque na verdade, não importa quem traz dinheiro para casa. Para o casal, a lógica deve ser de cooperação e não de competição.

 

TIM espaço mulher

Insira o número do PINCODE

· Serviço exclusivo para clientes TIM

· Receba dicas que toda mulher precisa saber!