TIM espaço mulher

Menu

Arte & Cultura

Día de Muertos: conheça a tradição mexicana que transforma o feriado de Finados em festa

dia dos mortos mexico df

Em todo o mundo, hoje é dia de Finados, data católica para homenagear e lembrar dos entes queridos que já se foram. Aqui no Brasil e na maioria dos países, esse feriado é usado para reunir a família, visitar cemitérios. Nas cidades menores do interior do país ainda se vê muita gente se vestindo de preto para simbolizar o luto. Enfim, temos o 2 de novembro como um dia triste, cinza.

Mas você sabia que no México essa celebração aos mortos é bem diferente? Lá, essa é uma das datas mais alegres e festivas do ano, cheia de cores. É o Día de Muertos.

São três dias de feriado, de 31 de outubro a 2 de novembro, nos quais os mexicanos enfeitam suas casas com altares com oferendas aos falecidos, vestem fantasias, cantam, dançam, bebem tequila e homenageiam a vida dos que já foram. A tradição é bem antiga, desde os antepassados astecas, e hoje a festa é Patrimônio Cultural da Unesco.

A celebração começa no dia 31, quando as famílias “chamam” as almas de crianças para brincar e montam suas oferendas. Na madrugada do dia 1º para o dia 2, invocam os espíritos mais experientes. Para um mexicano, um Dia dos Mortos sem oferenda é como um Natal sem árvore enfeitada.

mexico-abre

As Catrinas, caveiras femininas, são as fantasias preferidas das mulheres e das meninas. As ruas ficam enfeitadas e coloridas nos três dias de festa.

 

O estilo da oferenda varia de região para região do país. Mas alguns elementos são obrigatórios: não podem faltar fotografias de parentes e amigos mortos, flores, frutas e incenso. Nem bandeirinhas de papel de seda recortadas com motivos como caveiras e túmulos. Tem de ter velas, porque os mortos só enxergam à luz do fogo. Água, porque têm sede depois da viagem. Ah, as caveirinhas (ou calaveras, como eles dizem) de açúcar também são bem famosas e fazem a alegria das crianças, quase como que o ovo de chocolate na Páscoa.

altar do dia dos mortos no mexico

Não podem faltar velas, fotos, água, comida e as calaveras de açúcar nos altares do Día de Muertos! No México, tanto os mortos quanto os vivos adoram doces.

Outra comida bem tradicional presente em praticamente todo altar, de norte a sul do país, é o o pan de muerto, um pão doce coberto de açúcar, e os tamales (que seriam como as nossas pamonhas).

pan de muerto

O tradicional Pan de Muerto, um pão doce coberto com açúcar que os mexicanos comem nesta época do ano como a gente come panetone no Natal. Não pode faltar nos altares de oferendas.

Nas cidades pequenas, portas das casas ficam abertas para os visitantes prestigiarem as mesas de oferendas e nas maiores, como na capital, a Cidade do México, há festas nas principais praças. No Zócalo, a maior e princial praça da cidade, há um desfile abrindo a festa.

desfile dia de mortos mexico df

Desfile de Catrinas na Cidade do México, no último sábado, abrindo as festividades do Día de Muertos. (Fotos: Diego Grandi / Shutterstock.com)

 

O TIM Espaço Mulher traz todos os dias o melhor conteúdo para você se manter informada. Aqui, falamos sobre moda, beleza, amor, sexo, culinária, saúde e tudo o que passa na cabeça das mulheres.

TIM espaço mulher

Insira o número do PINCODE

· Serviço exclusivo para clientes TIM

· Receba dicas que toda mulher precisa saber!