TIM espaço mulher

Menu

Fit Chef

Descubra os alimentos que são vilões para a beleza e a saúde

Não é novidade para ninguém que uma boa alimentação é a base para uma vida saudável. Por meio dela, também é possível manter a beleza em dia, você sabia? A nutricionista, Isabel Andrade, da Venutri, nos ajudou a listar alimentos que são vilões para as mulheres, confira!

Laticínios
As versões integrais de leite e iogurtes, os queijos amarelos, doce de leite e leite condensado são riquíssimos em gorduras e calorias. Além de fazer você ganhar peso, ainda provocam um aumento do colesterol ruim e aumentam a oleosidade da pele. O melhor a fazer é optar por versões desnatadas e sem lactose ou então escolher leite de cereais à base de quinoa e arroz. Ainda é possível garantir a dose diária de cálcio comendo brócolis, couve-flor, nozes, castanhas, pistache e cereais: um nutricionista pode ajudar você a acertar a quantidade desses alimentos.

Chocolate
Mesmo que seja o meio amargo, este alimento é rico em gordura e calorias. Quando comido em excesso, provoca muitas consequências, como o aumento de peso, pele mais oleosa (e com tendência à acne), refluxo e até alergias. O ideal é comer apenas de vez em quando (só aos fins de semana, por exemplo) – sempre porções bem pequenas, de no máximo 20 gramas. Lembrando que o chocolate branco é o mais calórico, assim como os recheados.

Carboidratos
Eles são à base da alimentação, pois nos dão energia. Mas muita gente se engana e come apenas carboidratos simples, que são arroz branco, pão francês e pão de forma normal, açúcar refinado, cereais tipo cornflakes, macarrão e batata. O problema dos carboidratos simples é que eles são digeridos rapidamente pelo nosso corpo e caem na corrente sanguínea, sendo absorvidos de forma fácil demais. Esse processo nos deixa com fome em pouco tempo. O ideal é consumir mais carboidratos complexos, que têm uma digestão mais lenta e, por isso, nos dão a sensação de saciedade por um período maior. São eles: maçã, pera, banana, lentilhas, grão de bico, arroz e pães integras e cereais como linhaça, aveia, quinoa (sempre nas versões integrais, não em forma de farinha).

shutterstock_295643093

Sorvete
Os de massa ou picolés cremosos com casquinha de chocolate crocante são as sobremesas que valem a pena riscar do cardápio. Isso porque são riquíssimos em açúcar, gorduras trans, corantes e saborizantes artificiais (que até podem causar danos ao cérebro e ao sistema nervoso quando consumidos em excesso). Nos dias quentes, opte pelo iogurte frozen, bem menos calórico, com menos gordura e bastante saboroso, ou pelos picolés mais simples, à base de suco de frutas, como de limão, maracujá e abacaxi.

Frituras
Batata frita, peixe, frango, quibe, coxinha… Se forem preparados na fritura, já pode riscar da sua alimentação. É que o óleo quente, em ebulição, altera as propriedades do alimento, transformando-o em uma bomba de glicerídeos e ácidos graxos. Ou seja, as gorduras insaturadas se tornam saturadas (e ruins para o organismo). A fritura também é um dos maiores causadores de doenças cardiovasculares. Abusar das frituras é engordar na certa e ainda ficar com a pele feia e oleosa, com mais tendência à acne. Deixe as frituras para ocasiões bem raras e, no dia a dia, vá de grelhados ou assados.

Refrigerantes
Se você sempre toma as versões tradicionais, com açúcar, saiba que em um copo você está ingerindo cerca de 150 calorias, entre 30 e 55mg de cafeína, muitos corantes artificiais e conservantes. Sem contar que os refrigerantes são extremamente ácidos (é preciso cerca de 30 copos de água para neutralizar essa acidez que enfraquece os ossos e pode levar a doenças como osteoporose). Agora, se você bebe as versões sem açúcar, também não é nada saudável, pois há muito aspartame em sua composição, substância que em doses exageradas está relacionada a doenças como ataques de ansiedade, compulsão alimentar, hiperatividade, insônia, TPM, etc. Ambas as versões de refrigerante são muito ricas em sódio, que retém líquidos e deixa você inchada, com ainda mais peso. O ideal é tomar água e, vez ou outra, suco natural, sem adição de açúcar ou adoçante.

Sal
Comida muito salgada, temperos prontos e produtos industrializados são ricos em sódio (sal), que, quando consumido em excesso, é extremamente prejudicial à nossa saúde e aumenta o risco de o risco de hipertensão, acidente vascular cerebral, pedra nos rins e até câncer de estômago. Como se não bastasse, o sal em excesso libera hormônios que causam a retenção de líquido e inchaço (fazendo qualquer dieta ficar comprometida), sem contar que os rins não dão conta de filtrar e excretar o sódio e ficam comprometidos a longo prazo. O ideal é consumir até 2,4g de sódio e só! Uma dica é temperar as saladas e carnes com ervas finas e mostarda em pó, evitar molhos e temperos prontos e não comprar salgadinhos, congelados tipo hambúrguer, nuggets e pizzas. Lembre-se: quanto mais caseiro e menos salgado, melhor!

TIM espaço mulher

Insira o número do PINCODE

· Serviço exclusivo para clientes TIM

· Receba dicas que toda mulher precisa saber!